Juiz Odilon de Oliveira Juiz Odilon de Oliveira

É melhor correr o risco de salvar um homem culpado do que condenar um inocente.“

Odilon defende ação integrada para melhorar segurança e desenvolver fronteira

18 de maio de 2018

O pré-candidato do PDT ao governo do estado, Juiz Odilon, defende uma ação integrada do governo do estado, com a União e as autoridades do Paraguai, como forma de combater o crime organizado e promover o desenvolvimento da fronteira.

“Ações isoladas e esporádicas podem até conseguir vitórias importantes, mas transitórias.  É preciso um plano integrado, de caráter permanente, onde, no caso específico da segurança pública, se invista em inteligência, com intercâmbio de informações entre autoridades dos dois países. Por sua vez, o governo do estado tem que assumir o seu papel, dotando o Departamento de Operações de Fronteira (DOF) de contingente em número suficiente, devidamente treinado e equipado, para trabalhar  em conjunto com a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal. Assim como temos o SUS (Sistema Único de Saúde), precisamos ter um Sistema Único de Segurança, onde as responsabilidades sejam compartilhadas”, disse o pré-candidato, durante reunião realizada na manhã desta sexta-feira (18), com vereadores de Ponta Porã, na Câmara Municipal.

Saúde e educação – O Juiz Odilon disse que somente combater o crime organizado não é suficiente para promover o desenvolvimento da fronteira.

“Temos que melhorar a estrutura da saúde, que aqui é precaríssima, em função, entre outras coisas, do enorme número de pacientes que vêm do país vizinho. Não se pode negar atendimento a todos aqueles que precisam. Temos que investir em formação profissional, preparando os jovens para o mercado de trabalho e acelerar a implantação da área de livre comércio em Ponta Porã, que, sem sombra de dúvida, vai marcar o início de uma nova era no desenvolvimento da região, gerando milhares de empregos no setor comercial e no de serviços”, finalizou.

Podemos – Na noite de quinta-feira (17), o Juiz Odilon participou do encontro promovido pelo PODEMOS na sede da Associação Comercial e Empresarial de Dourados, com a presença da pré-candidato à Presidência da República do partido, Álvaro Dias. O PODEMOS abriu mão de lançar candidato ao governo do estado em Mato Grosso do Sul para apoiar Odilon. Em contrapartida, o PDT cederá uma das duas vagas da disputa pelo Senado para o pré-candidato do PODEMOS, pecuarista Chico Maia.

O Juiz Odilon destacou a importância de se formar uma frente partidária capaz de ressuscitar a esperança do povo, abalada com os sucessivos casos de corrupção que se repetem no Brasil há anos. “Ninguém aguenta mais tanta roubalheira. Todas as pessoas de bem, ficha limpa, devem se unir para mostrar ao eleitor que é possível, sim, governar Mato Grosso do Sul e o Brasil com honestidade, ética, moralidade, transparência e respeito ao dinheiro público”, afirmou.

Por sua vez, Álvaro Dias destacou que o nome de Odilon, como pré-candidato ao governo do estado “é um paradigma de decência e coragem no combate à corrupção”.
Durante o evento foi assinada a ata de implantação do Podemos Mulher e realizada a apresentação dos pré-candidatos a deputado federal e estadual do partido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*