Juiz Odilon de Oliveira Juiz Odilon de Oliveira

É melhor correr o risco de salvar um homem culpado do que condenar um inocente.“

Pré-candidato do PDT recebeu lideranças da agricultura familiar

Odilon discute projetos para fortalecer agricultura familiar

1 de dezembro de 2017

O pré-candidato do PDT ao governo de Mato Grosso do Sul, Odilon de Oliveira, se reuniu em Campo Grande com lideranças da Frente Nacional de Luta pela Terra e Moradia (FNL). Na pauta, a discussão de projetos de fortalecimento da agricultura familiar no estado.

“Eu nasci na agricultura e conheço bem a realidade dos lavradores que lutam de sol a sol para alimentar seus filhos e garantir renda para o sustento da família. Dos 5 aos 17 anos trabalhei na roça, puxando enxada, e sei da importância do trabalho do pequeno produtor não só para matar a própria fome, mas também para colocar na mesa dos brasileiros os alimentos do dia-a-dia”, disse Odilon aos representantes dos movimentos que compõem a FNL, entre eles o MPL, a UGT, o MTN, a USB e a OSLT.

Os dirigentes da FNL demonstraram interesse em participar da elaboração do plano de governo do pré-candidato e apresentaram sugestões como a criação de um “cinturão verde” no entorno de Campo Grande, para aumentar a produção de hortifrutigranjeiros. Atualmente, de acordo com as lideranças da agricultura familiar, 60 % das frutas e verduras consumidas na capital são compradas em outros estados.

“A ideia é muito boa e com certeza tem o meu apoio”, afirmou o Odilon. “Toda contribuição como essa será sempre benvinda. Eu vou trabalhar em conjunto com a comunidade, não só na construção do programa de governo, mas, principalmente, na execução dele. Farei um governo de inclusão social”, garantiu.

O pré-candidato do PDT assumiu com os dirigentes da FNL o compromisso de visitar nos próximos meses o maior número possível de assentamentos do estado.

“Por mais de 30 anos, como juiz federal, julguei vários processos de Reforma Agrária, o que me fez estudar e conhecer bastante o tema, mas é preciso ver de perto a realidade de milhares de famílias que precisam de estrutura e assistência técnica para viver com dignidade, tendo acesso aos direitos básicos do cidadão, como saúde, educação, segurança, trabalho, moradia, e lazer”, afirmou.

Odilon finalizou o encontro pedindo o apoio dos agricultores.

“Vocês são fundamentais nesse processo e terão que me ajudar também fiscalizando o governo, que será, antes de tudo, transparente e voltado para os reais interesses do povo”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*